sexta-feira, 29 de junho de 2012

EXISTÊNCIA IMPERFEITA

Só existo de verdade quando estou escondida numa brecha do tempo no silêncio , quando não há acusações nem medo, lágrimas ou dor , quando sou só esperança e coragem. O resto do tempo me sinto uma cópia falsificada de mim mesma ! 

sexta-feira, 9 de março de 2012

Deê&Looan♥

Você sempre machuca aqueles que você ama, aqueles que você não deveria machucar. sempre pega a rosa mais bonita e destrói, até ficar sem pétalas. você sempre parte o coração mais doce, e com uma palavra impulsiva não consegue se recordar. e se eu partir seu coração ontem, foi porque eu te amo mais do que tudo .

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

;/

Ei pequena, eu sei que você costuma chorar todas as noites, você está magoada ou até mesmo desesperada, não é pequena? Pois bem, eu vou te dizer uma coisa: você é especial, sabia? você já parou pra pensar que alguem te ama? Já parou pra pensar que Deus está sempre ao seu lado e que ele quer o seu bem? É pequena a vida não é fácil, e eu vou te dizer uma coisa o seu principe encantado não vai cair do céu, ele demora um pouco pra aparecer, precisamos ter paciência pequena. Eu sei que você já se trancou no banheiro, e lá mesmo se abaixou e começou a chorar, não é? Você ja pensou em se cortar, não é mesmo? Já fez ou faz isso? Então, todos temos altos e baixos na vida pequena, na hora da uma dor no peito e comparada a dor no pulso é bem menor né? Mas e depois? A cicatriz fica ali, ela queima e sabe você acaba sofrendo ainda mais lembrando do que não deve. Faça o seguinte, levanta dai agora, ligue para uma amiga, se arRume e saia, você não deve ficar aí sofrendo. Confie mais em si mesma pequena, mostre do que você é capaz. 

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

2011 :S

“365 dias já se passaram meu amor. Isso mesmo, 8.760 horas foram desperdiçadas com tentativas que não deram certo. Passamos 525600 minutos desse ano nos importando com quem não dava a mínima pra gente. Cada segundo que poderíamos ter utilizado para fazer o nosso ano valer a pena, passamos nos lamentando pelas coisas que deram errado. Prometíamos que o amanhã iria ser diferente, mas não fazíamos nada para torná-lo especial. Acho que a gente esperava que de repente as coisas iriam começar a dar certo. Ficamos vendo as oportunidades passarem na nossa frente enquanto o medo de dar errado nos impedia de tentar fazer alguma coisa. Realmente acreditamos que esse ano seria diferente, não é mesmo? Passamos todos os segundos possíveis imaginando como seria se tudo voltasse ao normal. No fundo, nós queriamos uma chance. Uma chance de deixar tudo bem outra vez. Queriamos ter um motivo para acreditar que esse ano que passou levou todas as minhas tristeza consigo. Bom, vamos seguir em frente, e esquecer o que nos fez mal. Mas para isso, só temos que achar uma forma de tornar o próximo ano, realmente inesquecível.”