terça-feira, 27 de setembro de 2011

Amor

No meio de tanta gente sem graça, só com embalagem e sem conteúdo, eu tive a sorte de te encontrar

Prazer (yn')

Eu sou tão estranha. Às vezes eu gosto de ficar sozinha, de não falar com ninguém. Às vezes eu fico exageradamente triste,feliz ou com raiva do nada. Eu escuto uma música milhares de vezes e nunca me canso dela. Às vezes eu falo coisas que não deviam ser ditas e deixo de falar as coisas que realmente importavam. E às vezes eu machuco as pessoas. E às vezes eu não peço desculpa. E eu escuto as músicas e todas elas parecem ser um pedaço da minha vida. E a maioria das vezes eu me arrependo do que faço.E eu sempre quero voltar atrás. E a maioria das vezes eu esqueço o quanto eu aprendi com os meus erros,o quanto eu cresci e o quanto eu me sinto bem sendo assim, tão estranha.